My weight loss progress

15 de fevereiro de 2008

About dreams.

Estava lendo este artigo ótimo sobre como crescemos e deixamos para trás não somente nossos sonhos da infância como também aquela capacidade de substituí-los por outros sonhos mais plausíveis à medida em que envelhecemos, e nos conformamos com as famosas regras impostas da sociedade, com a atordoante e sóbria visão "adulta" do mundo e de como lidar com as dificuldades e obstáculos.

Quem nunca se pegou pensando em como a vida é injusta, como os sonhos de outrora agora parecem fantasias bobas e impossíveis e até mesmo se perguntando onde está aquela antiga capacidade de sonhar, de ter objetivos maravilhosos e coloridos?

Deixar de sonhar e acreditar em si é um perigo que envenena a alma. A gente se torna infeliz e sem real motivação para viver, o que leva à existência robótica, o automatismo das rotinas. Já me peguei pensando em quanto as adversidades por que passamos nos torna criaturas amarguradas e cheias de angústias e dúvidas. Não sobra muito de confiança e fé no seu potencial para levar em frente planos mais heterodoxos. Mas será que simplesmente desistir de sonhar vai ajudar a melhorar nossas perspectivas? Eu duvido.

Acho que quando nos deparamos com momentos assim, é chegada a hora de repensar nossas atitudes diante da vida e reaprender a sonhar. Sonhos não são ruins. Para as pessoas que têm a coragem de acreditar em si e naquilo que desejam, e persistem, lutam independentemente dos medos (de fracassar, de errar, o medo do sucesso, todos temos medos, a diferença é como lidamos com eles - da inércia à atitude), o "pior" que pode acontecer é descobrir a capacidade inerente de torná-los realidade. Sonhar apenas pode até ser mesmo decepcionante a longo prazo quando tais devaneios não se concretizam, mas o sonho é um alimento para a alma, para a esperança, para a coragem e motivação. É como lidamos com os sonhos que faz diferença. Acredito que estou num momento da minha vida que é importante não esquecer, ou relembrar como sonhar, vencer as paranóias e os fantasmas da mentalidade adulta.

Evidentemente com o passar dos anos aprendemos a lidar com decepções e nos sentimos como merda fresca quando nossos planos não saem como gostaríamos. Mas isso é parte da existência, da vida e da condição humana. Portanto sonhem muito!!! Que o sonho seja fonte de força de vontade, fé e motivação de vencer e persistir. Não deixem de acreditar! Deixando o ostracismo de lado e se aventurando em novas estratégias, lutem por sua felicidade! Se um sonho não for possível a longo prazo, inventem outros sonhos, persistam e atenham-se às possibilidades que a vida nos dá de tornar realidade nossas "fantasias bobocas" e tão maravilhosas.

Qual é o seu sonho hoje? E quais os sonhos de infância dos quais se esqueceram?

PS: vendo no banheiro agora há pouco a lista dos livros mais vendidos na Veja, reparei no "Nunca desista dos seus sonhos" do Augusto Cury. Provavelmente ele deve falar essas coisas mais prolongadamente e com outros clichês. Aí eu lembro que eu adoraria viver disso. Eu realmente devia escrever livros de auto-ajuda cheios de "gotas de sabedoria" e ganhar milhões de dólares (mas podem ser euros também). Pode-se dizer que este é um dos meus sonhos diabólicos. Hahahaha!

PS2: que bom que a Quel e a Paty também voltaram! Chega dessa moda de vocês que trancam ou abandonam o blog, hein?

Marcadores: ,

6 Comments:

  • At 10:35 AM, Anonymous Tiane said…

    bom dia Fabiana!! :)
    vc escreve muito, muito bem menina!!! deveria realmente escrever suas gotas de sabedoria e teria uma super fã! :)
    sobre o emagrecimento, to amando cada fase... ja passei pela neura de querer comprar tudo de lindo q eu via, ai depois desacelerei pq pensei q o mundo nao iria acabar e que nao acordaria gorda no dia seguinte..rsrs...
    umbjao pra vc

     
  • At 8:59 PM, Anonymous Anônimo said…

    Queridona, vc é o máximo!!! Adoro seus textos, vc é uma figurinha ímpar e inteligente! faz tempo que leio seu blog mas não visito sempre não, só porque vc tb não é assídua nesse negócio de blogger, né?
    Nem tô tão interessada nessa estória de emagrecimento ( que tb faz parte de my life, e entendo), mas leio pq vai bem mais além que isso, é ótimo o seu humor e visão da vida. Bjs carinhosos e seja feliz!!!

     
  • At 3:02 PM, Blogger Cristina said…

    Oi, sou a Cris e estou iniciando minha R.A., me visite. Adorei o texto! Boa sorte! Bjs

     
  • At 4:58 PM, Anonymous Tita said…

    Passei para saber se esta tudo bem com vc...
    Bjos...

     
  • At 8:00 PM, Blogger Dani Helinsky said…

    Que texto fantástico, Fabi !! Adorei, e me fez pensar mto sobre os meus sonhos..... ah, como era boa a infância....rsssss... quando a gente acreditava que tudo ia dar certo, mas agora é tão difícil, o tempo passa tão rápido.
    Mais uma vez quero te agradecer pelo apoio q vc me deu na segunda. Vcs todas são demais.
    Bjos e estou com mtas saudades !!!

     
  • At 5:04 PM, Blogger Flávia said…

    Fabiana,

    Adorei o seu texto.
    Aliás eu sempre adoro, mas não comento...esse realmente foi especial.


    Um beijo

     

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Ouvindo recentemente:

Last FM last played chart

Metas 2008

1) 72kg
2) 68kg
3) 64kg
4) 59kg

Blogs

Links

Minha estante:

Posts anteriores

Arquivos